BLOG

O nosso conteúdo exclusivo

Partes Comuns do Condomínio

Jun 14, 2021

Cada condómino é proprietário da sua fração autónoma e comproprietário das partes comuns, pelo que a conservação e manutenção destas é da responsabilidade de todos os condóminos.
No dia-a-dia surgem questões que muitas vezes geram discórdia, por causa da indevida utilização das partes comuns, que não podem servir para colocação de coisas pessoais (bicicletas, vasos, estendais, etc).
Consideram-se partes comuns, ainda que algumas possam estar destinadas ao uso exclusivo de cada fração:
– Todos os elementos da estrutura do prédio;
– Telhados ou terraços de cobertura;
– Passagens usuais dos condóminos, por exemplo: entradas, escadas, etc;
– Instalações gerais de água, eletricidade e gás.
Existem outras partes do prédio que podem ser consideradas comuns, dependendo do que conste do Título Constitutivo da Propriedade Horizontal, e que não estejam afetas a uma determinada fração, como:
– Pátios e jardins anexos ao edifício;
– Elevadores;
– Garagens e outros lugares de estacionamento.
Contribua para uma boa convivência em condomínio: não ocupe as áreas comuns do seu condomínio sem autorização da assembleia de condóminos!

PARTILHAR CONTEÚDO

  
Translate »